Seis Traços de Personalidade ligados à Segurança no Ambiente de Trabalho Pós-COVID

Postado em 31 de Agosto de 2020 por Hogan Assessments

Com muitos trabalhadores voltando aos seus escritórios, evitar que o COVID-19 se espalhe e proteger a saúde do empregado é prioridade máxima para líderes de negócios.  Apesar de que iniciativas como o reforço da higienização e políticas de distanciamento social são essenciais, a maior ameaça à saúde e segurança no local de trabalho é frequentemente ignorada pelos gerentes – recrutar pessoal consciente com relação à segurança.

O Relatório Hogan Segurança, pode ajudar os recrutadores, avaliando os candidatos em relação a seis traços de personalidade ligados à consciência sobre segurança que se traduzem em comportamentos que contribuem ou prejudicam seu ambiente de trabalho.

Obediente

A escala Obediente mede a disposição de um candidato para seguir regras e diretrizes da empresa. Pessoas com pontuação alta nesta competência cumprem as regras sem esforço e tendem a seguir à risca as instruções determinadas pela gestão. Nos locais de trabalho pós-COVID, é importante ter membros de equipe que respeitem as novas políticas de saúde e segurança sem exceção. Contratar indivíduos obedientes para a equipe vai trazer pessoas confiáveis e atenciosas, que seguirão fielmente as instruções para proteger sua própria saúde e a da sua equipe.

Forte

As pessoas cometem erros quando estão sob pressão. Medidas de proteção como o distanciamento social são novos conceitos no trabalho, então os funcionários precisarão ficar atentos e manter padrões de segurança – mesmo sob estresse. Quando falamos de saúde e segurança, mesmo pequenos incidentes, como esquecer de limpar superfícies, podem ter um tremendo impacto sobre os outros. As pessoas que têm alta pontuação na escala Forte permanecem estáveis e serenas sob pressão e podem passar por situações estressantes sem comprometimento da saúde e da segurança.

Emocionalmente Controlado

A escala Emocionalmente Controlado mede a habilidade de um indivíduo para permanecer calmo e equilibrado em situações adversas. Pessoas com alta pontuação podem gerenciar sua raiva e têm menos probabilidade de perder a calma e cometer erros. Novas medidas de saúde e segurança como lavar as mãos e usar máscaras podem criar obstáculos em algumas profissões, tornando as atividades diárias inicialmente mais desafiadoras. É importante contratar indivíduos que tenham habilidade para lidar com pequenos contratempos calmamente, sem ficarem frustrados e se tornarem descuidados.

Atento

A escala Atento é um ótimo preditor de comportamentos de consciência com relação à segurança nos candidatos. Indivíduos atentos são empregados focados e que não se distraem facilmente com o que acontece ao seu redor. Indivíduos que são concisos e atentos a detalhes tem menos probabilidade de cometer erros que coloquem sua equipe em risco, o que os torna valiosos para o trabalho pós-COVID.

Cauteloso

A escala Cauteloso mede as tendências de um indivíduo para correr riscos. As pessoas Cautelosas fazem uma pausa e avaliam suas opções antes de tomar decisões arriscadas. Agora mais do que nunca, as pessoas estão sendo encorajadas a pensar duas vezes em suas atividades e interações diárias, como apertar as mãos, para mitigar o risco de espalhar o COVID-19. Líderes se beneficiarão bastante ao contratar candidatos cautelosos e atenciosos que pensam duas vezes sobre como suas ações impactam toda sua equipe.

Passível de Ser Treinado

Finalmente, é importante notar que quando seres humanos enfrentam uma grande mudança, eles cometem erros. À medida em que os negócios forem abrindo suas portas novamente, os locais de trabalho pós-COVID apresentarão muitos novos desafios para os trabalhadores e treinamentos serão necessários. Candidatos passíveis de serem treinados são receptivos a feedback e coaching e se habilitam facilmente a novas iniciativas. Ter membros de equipe que gostam de aprender e que estejam dispostos a corrigir seus erros e seguir conselhos será uma vantagem para gestores que estão liderando esta grande mudança. Candidatos passíveis de serem treinados aproveitarão ao máximo esta nova abordagem ao trabalho e serão uma aquisição positiva e edificante à equipe.

“Comportamentos inseguros de empregados podem ter muitos impactos negativos sobre os negócios, custando bilhões e colocando a saúde e a segurança dos outros funcionários em risco” diz Scott Gregory, CEO da Hogan. “Isto é particularmente importante num clima de negócios pós-COVID, onde a saúde e a segurança ocupacionais são uma preocupação fundamental tanto para empregados quanto para líderes do negócio. Quando a saúde do seu negócio e a do público em geral estão em jogo, é hora de ter certeza de que você está contratando e dando coaching a empregados que serão atentos à sua própria saúde, à de seus colegas de trabalho e à de seus clientes. A chave para isso está na personalidade.”

Fale Conosco

Endereço: Alameda Rio Negro, 911 sala 707 Barueri – SP – CEP: 06454-000
Telefone: (11) 3022-2583

Copyright 2021 Ateliê RH