Oito traços de personalidade ideais para gestores de Segurança da Informação

Por Hogan Assessments

Ameaças de segurança cibernética estão em ascensão. Com o rápido aumento das violações de segurança, com vazamento global de dados, o cibercrime se tornou uma das ameaças mais significativas às empresas, em nível global. Profissionais especializados em segurança cibernética são essenciais para a segurança de empresas e governos, mas há uma escassez desse tipo de profissional em todo o mundo: cerca de 1,8 milhão de vagas abertas e que não serão preenchidas até 2022. A demanda por talentos nesse espaço está em alta, e há alguns traços de personalidade únicos que os recrutadores e as empresas precisam observar.

A Hogan Assessments auxilia e já auxiliou algumas das principais empresas de TI e segurança da informação do mundo a recrutar as pessoas certas para estas vagas. As avaliações Hogan têm por base a ciência e 30 anos de pesquisas e estudos de validade – e todo esse banco de informações ajudou os especialistas a traçarem quais são as oito características de personalidade mais adequadas para uma carreira de sucesso na área de Segurança da Informação. Veja quais são elas:

Modéstia. Profissionais que tendem a se destacar em Segurança da Informação normalmente preferem evitar os holofotes. Esse profissional não é egoísta, e prefere um estilo de vida mais discreto. Afinal, a maioria dos nomes conhecidos da segurança cibernética são notórios cibercriminosos.

Altruísmo. Os profissionais de Segurança da Informação devem querer ajudar as pessoas. Enquanto eles estão trabalhando o dia todo com sistemas e programação, proteger e ajudar as pessoas está no cerne desse trabalho. Eles trabalham bem com os outros e evitam isolar-se. Lutar contra as ameaças exige cooperação e confiança entre os colegas, e eles preferem estar juntos com o time, unidos pelos mesmos objetivos de segurança.

Controle Emocional. Os sistemas corporativos que esses profissionais protegem estão sempre sob ameaça. Essas pessoas naturalmente precisam ter um senso de urgência, mas é crucial que eles mantenham a compostura quando necessário. Explosões emocionais desnecessárias quando a pressão está aumentando podem ser contraproducentes e desviar sua atenção do que é mais importante.

Científico. Uma das maiores habilidades desses profissionais é o de conseguir resolver problemas usando dados e habilidades analíticas. Os criminosos cibernéticos são cada vez mais sofisticados em seus ataques e isso requer indivíduos altamente técnicos e que tomem decisões baseadas em evidências.

Inquisitivo. O mundo da Segurança da Informação está sempre mudando. Quando as ameaças são evitadas, surgem novas que podem exigir um conjunto de habilidades completamente diferente daquelas necessárias anteriormente. Um candidato a uma vaga em Segurança da Informação deve ser imaginativo, curioso e criativo. Esses profissionais precisam descobrir as coisas rapidamente, mostrar motivação para aprender e estar abertos a novas ideias.

Cético. “Não confiar em ninguém” seria um lema útil para um profissional de Segurança da Informação. Estar à frente e evitar ataques significa, por vezes, ter que pensar como um hacker. Isso requer manter-se alerta sobre o que está acontecendo ao seu redor, porque em um mundo de ameaças constantes, a ingenuidade pode ser uma coisa perigosa.

Aberto a Feedback. Na Segurança da Informação, as coisas podem dar errado rapidamente e você pode ser culpado por violações que não foram sua culpa. Se alguém na empresa abrir um e-mail de phishing (invasão de computadores) e expor informações confidenciais, você poderá ser responsabilizado. Portanto, é muito importante que um profissional de Segurança seja aberto e receptivo a críticas e evite ser passivo-agressivo.

Detalhista. Em um ambiente pressionado com a segurança de uma empresa em jogo, um candidato bem-sucedido precisa ser orientado para detalhes e constantemente levar os projetos à conclusão. Um pequeno descuido pode levar a ataques, por isso os especialistas em segurança cibernética precisam examinar cada detalhe. Eles também precisam valorizar as conquistas e causar impacto.

O Dr. Ryne Sherman, VP de Ciência da Hogan Assssments, acrescenta: “As práticas tradicionais de recrutamento geralmente negligenciam a personalidade e concentram-se na educação, experiência e um conjunto de habilidades mais tradicionais. Embora sejam importantes, é crucial lembrar que as características da personalidade desempenham um papel significativo. Um candidato com a personalidade adequada pode ser facilmente treinado para o papel certo. Isso é especialmente verdadeiro no mundo da Segurança da Informação, no qual as empresas lutam para encontrar os indivíduos experientes de que precisam. Para recrutar os melhores talentos, as empresas devem direcionar sua atenção para o poder da personalidade”.

Fale Conosco

Endereço: Alameda Rio Negro, 911 sala 707 Barueri – SP – CEP: 06454-000
Telefone: (11) 3022-2583

Copyright 2021 Ateliê RH