Empreendedorismo ou crime organizado?

Do ponto de vista da personalidade, empresários e líderes do crime organizado não são tão diferentes. Isso te surpreende?

Em The Science of Personality , (podcast da Hogan) os co-apresentadores Ryne Sherman , diretor de ciências, e Blake Loepp , gerente de relações públicas, discutem o que separa o empresário Jeff Bezos do notório chefe da máfia Al Capone.

Não só centenas de empresários fizeram as avaliações de personalidade de Hogan, mas cerca de 60 membros de grupos do crime organizado também. Ao contrário da maioria dos criminosos cujas personalidades foram estudadas, as pessoas do grupo amostral não estavam encarceradas quando fizeram a avaliação, que foi administrada por um dos parceiros de Hogan, a A&D Resources na Dinamarca.

Vamos mergulhar na avaliação de Ryne de como os resultados da avaliação de personalidade se comparam.

Decodificando as avaliações

A Hogan oferece três principais avaliações de personalidade , o Inventário Hogan de Personalidade (HPI), o Inventário Hogan de Desafios (HDS) e o Inventário de Motivos, Valores e Preferências (MVPI) para medir as características cotidianas das pessoas, características sob estresse e motivadores e motivadores, respectivamente. Discutiremos cada um deles e, em seguida, compartilharemos algumas análises e anedotas sobre a sobreposição entre empresários e membros do crime organizado.

MVPI

Quando examinamos os principais motivadores que de empresários e os membros do crime organizado, ambos os grupos são levados a avançar e maximizar o lucro. “Essa é a chave quando olhamos para o empreendedorismo e quando olhamos para o comportamento criminoso”, observou Ryne. “Nenhum deles está tentando ser inovador. Seu objetivo é ser bem-sucedido e, em muitos casos, esse sucesso é identificado pela lucratividade”.

Os conjuntos de amostra MVPI se assemelham fortemente. Impulsionados para progredir, empreendedores e membros do crime organizado têm alto Reconhecimento, alto Poder, alto Hedonismo e baixa Segurança, o que está de acordo com seu desejo de competir para ter sucesso e disposição para correr riscos para atingir metas.

Onde empresários e membros do crime organizado diferem no MVPI é em Estética e Ciência. Enquanto os empreendedores tendem a valorizar a natureza artística de seu trabalho, o uso de tecnologia e a tomada de decisões com base em dados, os membros do crime organizado pontuam mais baixo nessas duas escalas. “Eles estão muito, muito motivados para ter sucesso e vencer e fazer o que for preciso para chegar lá”, disse Ryne.

HPI

A forma geral do perfil HPI, que mostra pontuações mais altas em Ambição, Inquisitivo e Sociabilidade e pontuações mais baixas em Prudência, permanece praticamente a mesma para empreendedores e membros do crime organizado. Isso coincide com os resultados do MVPI, que mostram um forte impulso para o sucesso.

Onde eles diferem, no entanto, é que as pontuações gerais são um pouco mais baixas para os membros do crime organizado do que para os empresários. Mesmo Sociabilidade e Inquisitivo, que são mais altos entre os membros do crime organizado, ainda são inferiores aos da amostra empreendedora. “O modo típico de comportamento é um pouco mais deflacionado em termos das dimensões do HPI para o grupo do crime organizado versus os empresários”, explicou Ryne.

HDS

Empresários e membros do crime organizado também parecem fundamentalmente os mesmos em termos de HDS. “O impressionante é como os perfis são notavelmente semelhantes para esses dois grupos”, disse Ryne. “Eles são elevações muito altas em geral, exceto Diligente e Obediente, que tendem a estar em torno da faixa média.”

Ambos mostram altos níveis em todas essas pontuações: Excitável, Cético, Cauteloso, Reservado e Despreocupado.. Como um criminoso, o empresário típico está disposto a correr riscos e chances de sucesso.

Os membros do crime organizado pontuam um pouco mais baixo do que os empreendedores no Temperamental, o que significa que eles podem evitar comportamentos de busca de atenção enquanto estão envolvidos em atividades criminosas. No entanto, o elemento de quebra de regras é uma forte semelhança entre os dois grupos, sugerindo que ambos podem se sentir confortáveis ​​operando em uma área legalmente cinzenta.

O lado negro do empreendedorismo

O lado negro de ser um empreendedor pode ser expresso em termos de progredir eliminando a concorrência. Ryne fez referência a uma situação na Califórnia em que uma comunidade que lucrava com o comércio de maconha recreativa trabalhou para garantir uma votação contra um projeto de lei para legalizar o uso recreativo de maconha porque a legalização prejudicaria os lucros.

Muitos empreendedores do passado e do presente seriam (ou foram) bem-sucedidos em uma organização criminosa porque os critérios para o sucesso são muito semelhantes: fugir de regras, assumir riscos, inovação e motivação para o lucro. Da mesma forma, muitos chefes da máfia seriam excelentes empreendedores modernos.

Aqui estão algumas personas fictícias e não fictícias que correspondem a esse perfil de personalidade:

  • Al Capone
  • Bill Gates
  • Elizabeth Holmes
  • Elon Musk
  • Jeff Bezos
  • John Gotti
  • Steve Jobs
  • Tony Stark (Homem de Ferro)

A sociedade como um corpo é composta por cerca de 10% de pessoas criativas, inovadoras e motivadas pelo lucro. O fato de alguns deles quebrarem as regras para ter sucesso depende da disposição deles para contornar os obstáculos legais.

Conselhos para Empreendedores

A mentalidade empreendedora é correr com uma grande ideia e pagá-la depois. Não é útil dizer a um empreendedor para “apenas ter mais cuidado” porque isso não se alinha com sua personalidade e valores.

Em vez disso, os empreendedores precisam selecionar um consultor com um perfil diferente e complementar ao deles, cujo papel é mantê-los longe de problemas – não dizer não o tempo todo, mas apontar quaisquer áreas cinzentas que possam surgir.

“Os criminosos organizados modernos não são tão diferentes dos empreendedores modernos”, disse Ryne. “A semelhança não é reconhecida e subestimada.”

Ouça esta conversa na íntegra no Episódio 53 do Podcast A Ciência da Personalidade. Nunca perca um episódio seguindo-nos em qualquer lugar onde você receber podcasts. Abraço, todo mundo!

 

Fale Conosco

Endereço: Alameda Rio Negro, 911 sala 707 Barueri – SP – CEP: 06454-000
Telefone: (11) 3022-2583

Copyright 2021 Ateliê RH