Avaliação de Personalidade na indústria mitiga até 65 milhões de euros em acidentes

Uma pesquisa compilada pela Hogan Assessments estima que as empresas que usaram testes de personalidade específicos de Saúde e Segurança do Trabalho conseguiram economizar aproximadamente 65 milhões de euros em 1.728 dias de produção.

As informações são baseadas em dados coletados pela Hogan de cerca de 40 mil relatórios de Segurança da empresa que foram aplicados na Europa entre os anos de 2015 e 2018, nos quais cada candidato foi avaliado quanto a seu comportamento seguro no trabalho.

Para se ter uma ideia do impacto da Saúde e Segurança no trabalho na organização, em 2017, as empresas europeias perderam mais de 476 milhões de euros em danos causados por acidentes e lesões no local de trabalho – o que representa cerca de 3,3% do PIB da União Europeia.

Avaliações de Personalidade X Segurança

As avaliações de personalidade podem ser usadas para avaliar candidatos em relação a traços de personalidade específicos que são mais adequados à indústria para a qual estão se candidatando.

Os candidatos considerados resilientes, alegres, vigilantes, cautelosos e treináveis ​​são considerados conscientes em termos de segurança e, por conseguinte, são os profissionais mais adequados para vagas na Indústria, onde o fator Segurança é muito importante.

Os candidatos que são considerados desafiadores, irritáveis, distraídos, imprudentes e arrogantes não teriam consciência da segurança e, portanto, representariam uma ameaça à segurança e ao bem-estar de seus colegas e de si mesmos.

“As indústrias que envolvem um nível mais elevado de mão-de-obra, como construção, petróleo e gás, correm mais riscos quando se trata de acidentes e lesões no local de trabalho”, comentou Zsolt Feher, diretor-geral da Europa na Hogan Assessments.

“As empresas que operam dentro dos níveis necessários de segurança precisam implementar medidas adicionais para garantir que os gestores possam recrutar a equipe certa, e criar um ambiente seguro para seus funcionários”.

Na era da tecnologia de RH, seus profissionais devem considerar a diversificação de seu repertório de ferramentas de RH para incluir avaliação de personalidade e consultoria. O uso de avaliações de personalidade pode reduzir o risco de contratar funcionários que parecem uma boa escolha durante a entrevista e processos de seleção, mas, na realidade, não estarão adequados à cultura organizacional da empresa.

“Assim como muitas ferramentas emergentes de tecnologia de RH, a tecnologia que sustenta um teste de personalidade no trabalho é usada para medir traços de personalidade ‘ocultos’ e qualidades que podem não ser necessariamente visíveis em uma entrevista de emprego”, lembra Feher.

Fale Conosco

Endereço: Alameda Rio Negro, 911 sala 707 Barueri – SP – CEP: 06454-000
Telefone: (11) 3022-2583

Copyright 2021 Ateliê RH